Avançar para o conteúdo principal

A luta pelo corpo perfeito



Esta sou eu com quase 40.
Esta sou eu com um corpo de 2 gravidezes.
Esta sou eu com 4 cirúrgias que me cortaram a barriga.
Esta sou eu no meu corpo perfeito/imperfeito.
Sou grata por ter um corpo completo e perfeitamente funcional.
Mas não gosto da imagem no espelho...aos olhos de muitos estou bem para a idade.
mas eu não quero estar bem para a idade!
Eu quero estar bem para mim!
Para o meu biquini, para aquele vestido justo, para aquele top de dança, eu quero estar mais feliz no espelho e eu ainda não estou.
Na voz de muitas mulheres eu represento o medo de mostrar aquele pneu a mais, aquelas estrias que realçam ao sol, no corpo moreno do verão!

É uma luta sem fim, uma frustração, um peso.
Não quero ser perfeita, quero sentir-me bem e não sinto.
Fui magra durante 25 anos sem fazer esforço nenhum, e na altura era metabolismo, e agora também.

Quando vou dançar, escondo-me dentro de toneladas de roupa, porque não me sinto segura para mostrar mais de mim, já me disseram que tinha roupa a mais !!! Tinha e tenho, porque é inestético aos meus olhos, usar um top, e uma fralda de barriga a ver-se, não é bonito.

Na voz de todas e muitas mulheres, agradeçam o vosso corpo, mas mantenham-no saudável, excesso de peso, nunca foi e nunca será saudável, quer estéticamente quer para o desgaste ósseo, e o desenvolvimento de doenças cardio vasculares!

Não gosto de dietas maradas, desculpem-me todos os defensores daquelas marcas que ajudam a perder peso, mas para mim tentar comer saudável e essencialmente exercicio fisico são fundamentais, dentro do que me é possível tento manter uma alimentação saudável.Mas se não almoçare jantar bem é uma corrida ao doce, e isso é pior para mim! Respeito todas as formas de perder peso!
No Pain, no Gain


Andei no ginásio, 0 gramas perdi, andei na nutricionista, ia apanhando uma depressão, estava a ficar completamente frustrada com ambos e isso também não é saudável!

Hoje eu continuo na minha luta de enfrentar o meu corpo, dentro das roupas, dentro dos provadores de lojas, e ao espelho!
Deixei de experimentar roupa em lojas, por simplesmente a frustração de aceitar o meu corpo era tão grande, que saia de lá triste e angústiada!

Esta foto sou eu, no momento actual, desde que tive o Salvador, e fisicamente estava lindamente, tinha 52 kilos, hoje tenho sobrepeso de 13 kilos, e sim sou obesa, para a minha estatura!


Mas hoje dou voz aqui a todos os que sentem o mesmo homens e mulheres!

Pode ser que um destes surprrenda como a ADELE surpreendeu os seus fãs!!!

Até lá coragem!!!

Comentários

  1. Wow!!! Um texto muito bom e corajoso. Parabéns por ele, porque muita gente não é capaz de reconhecer e enfrentar uma realidade neste tema como tu o tens feito.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Como ajudar um autista

A melhor forma de ajudar um autista e qualquer outra criança com necessidades especiais é aceitar e respeitar, a criança não pediu para nascer assim, e se nasceu é porque a sua forma de pensar e ver o mundo é importante para todos nós!

Que seria do mundo se pensassemos todos da mesma forma? que seria do mundo sem pessoas comuns, e sem génios, sem criativos, sem pessoas mais ou menos sociais, mais ou menos funcionais!

Infelizmente somos ratinhos de laboratório, e não damos ao ser humano, logo desde o berço, a possibilidade de se exprimirem e trabalharem nas suas competências, aquelas que poderiam fazer toda a diferença!

Supõe-se desde muito cedo que se não fizermos determinadas coisas que outras crianças da mesma idade fazem, somos dotados de falta de habilidade, ou pouco inteligentes, ou atrasados!

Porém faltam muitas disciplinas importantes como gestão doméstica, disciplinas mais práticas, de onde conhecemos os melhores compositores, pintores, pensadores, filósofos??? Não estão na e…

Felizes os que retomaram a sua rotina mais felizes os que nunca sairam

Sim hoje li um texto e os nossos filhos e nós que estamos em casa confinados, principalmente quem está sozinho  a desdobrar-se em tarefas, em rotinas alteradas, em tentativas de sair para lugares seguros, em idas ao supermercado, as farmácias, a tentar mil malabarismos para nos mantermos despertos e saudáveis, sem que ninguém se mate, nós somos os verdadeiros heróis!

Somos mães/pais a tempo inteiro, não podemos ter um surto e sair de casa porque eles não podem ficar sozinhos, nos dias de chuva não saimos, e não é porque chove, é porque as nossas crianças com necessidades especiais, não cumprem todas as regras, e molham-se e sujam-se e fazem xixi, e nós não queremos que uma simples saída de 30 minutos se torne em banho, roupa na máquina, cadeira do carro, lavagem de tudo e mais um par de botas, consumo de água e de máquina de secar, dadas as condiçoes climatéricas!

São 10horas eu acordei as 9, o meu filho ontem adormeceu as 2H30, depois de ter sido dura com ele mais uma vez, isso só p…

Contabilidade e Gestão- Despesas anuais

Verdade seja dita que ganhamos ao mês não ao ano!!! Mas para sabermos quanto estamos a exceder no orçamento ou quanto precisamos de ganhar mais, é o nosso dever fazer contas anuais, ativo, passivo, o que entra o que sai, o que entra e o que realmente pode sair!
Há anos muito atipicos, e nós por cá dizemos que por razões mais que óbvias este ano foi um desses!!!

Metade do orçamento, contas desencontradas, contas desiquilibradas, menos a entrar mais a sair, mas sobrevivemos assim sem grandes estragos!!!!!!!
Para o ano a meta será a financeira e material!

Sem perder o fio à meada equilibrar, equilibrar, equilibrar, para então em 2021, relaxar!
Sim tenho metas na cabeça, no papel, todos os anos me proponho a uma!
Este ano era chegar ao final com questões sentimentais resolvidas, orientar nova vida e rotinas familiares, ainda que com ajuda seja sempre o mais individualista e independente que conseguir, e ser independente nunca é apenas e só uma questão financeira!!!!

De nada adianta ser i…