Avançar para o conteúdo principal

Felizes os que retomaram a sua rotina mais felizes os que nunca sairam



Sim hoje li um texto e os nossos filhos e nós que estamos em casa confinados, principalmente quem está sozinho  a desdobrar-se em tarefas, em rotinas alteradas, em tentativas de sair para lugares seguros, em idas ao supermercado, as farmácias, a tentar mil malabarismos para nos mantermos despertos e saudáveis, sem que ninguém se mate, nós somos os verdadeiros heróis!

Somos mães/pais a tempo inteiro, não podemos ter um surto e sair de casa porque eles não podem ficar sozinhos, nos dias de chuva não saimos, e não é porque chove, é porque as nossas crianças com necessidades especiais, não cumprem todas as regras, e molham-se e sujam-se e fazem xixi, e nós não queremos que uma simples saída de 30 minutos se torne em banho, roupa na máquina, cadeira do carro, lavagem de tudo e mais um par de botas, consumo de água e de máquina de secar, dadas as condiçoes climatéricas!

São 10horas eu acordei as 9, o meu filho ontem adormeceu as 2H30, depois de ter sido dura com ele mais uma vez, isso só porque teve dois dias sem sair, a mais velha aceita bem!

Hoje estou a espera de uma encomenda e como não tenho quem me "cubra" vamos passar mais uma manhã fechados, num apartamento, onde nem um jardim tem.

Continuo a sentir -me injustiçada porque estou a ganhar 66% e colegas meus a ganhar a totalidade excepto subsidio de alimentação....

Continuo a achar que isto é uma grandecissima palhaçada e nada começa a ter a ver com a segurança de nós próprios e das nossas crianças ou famílias, na verdade isto tem a ver com ECONOMIA apenas e só isso! Porque se pusessem naquelas mesas das reuniões todas as possíveis e imagináveis situações familiares tão distintas, esta merda não acontecia!

Continuo a achar que pessoas em risco de saúde mas não em risco financeiro, retomam livremente e lindamente aos seus trabalhos, enquanto ós na incerteza de tudo isto mantemo-nos cá! Cá dentro!

A pergunta é : quem vai pagar as próximas férias escolares??? Sim porque os meus filhos estando em casa, onde os vou meter para também eu restruturar a minha vida e a minha economia?
Porque quando ouves : não posso trabalhar com os meus filhos em casa, pensas....pois há muita gente asssim sabias, e eu podia ir trabalhar 2/3 dias mes para equilibrar mente e finanças, pois....prioridades ECONÒMICAS E FINANCEIRAS!
Eu não preciso do teu dinheiro, eu preciso de ganhar o meu dinheiro, e se até agora isso era um problema porque estava em casa, hoje é um problema maior porque fui OBRIGADA a vir para casa!
O meu filho é AUTISTA dá mais trabalho que 3/4 crianças juntas.....ninguém tem culpa mas eu também não!

Ainda só posso ir ao cabeleireiro, ou já posso visitar familiares, sim no meio disto tudo há pessoas de casa em casa, eu vejo, não me contaram, nos passeios que faço de carro, até aos sitios mais inimagináveis, para os manter seguros! Mas não posso leva-los ao baloiço. ao parque, a dar uma caminhada, sem sentir que sou FORA DA LEI!

Quantos meses????? Quanta capacidade mental temos nós para suportar esta merda!Não somos a Carolina Patrocinio que está na sua casa na herdade todo o dia em biquini cheia de família à volta, nem o EXMO SR PRIMEIRO MINISTRO que terá a sua linda casa carregada de empregados, sim porque os empregados dos pobres vão para casa, mas os dos ricos, vão dar o litro todos os dias, e agora pergunto eu, que PUTA DE INJUSTIÇA SOCIAL E HUMANA vem a ser esta???

Sou mãe, empregada, professora, terapeuta, sou pai, sou tudo o que é preciso ser...mas sou humana e tenho um teto de bom senso e de capacidade física e mental!

Este texto não é para terem pena de mim, mas este texto é a voz de muitos que não tem TOMATES para se pronuncisr sobre o ESTADO DE TRETA DO PAÌS!

Estou farta, realmente farta!

Mentalizem-se o vírus não é culpado de tudo, infelizmente a mente humana, é cruel, demasiado cruel e injusta!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

December!!!!

Dezembro chegou... e com ele todos os pensamentos, todas as reflexões de um ano completamente atípico a que todos sobrevivemos....mas deixem apenas dizer lhes que ....foi um ano de crescimento individual, espiritual e familiar! Saio deste ano de coração cheio, de pura adrenalina, como é óbvio momentos de tudo....foi ano de Marte e deviamos ter preparado para a guerra, se todos chegamos até aqui vivos e de saúde somos uns guerreiros natos, capazes de enfrentar qualquer batalha. Prosseguiremos a 2021, ano de Vénus,  do amor, da prosperidade, da fé e da abundância, da compaixão, do cuidado ao próximo, dos amores impossíveis de contos de fadas! Peço para este ano uma reflexão: o que vale a pena lutar em cada vida que nos pertence? Do que devemos ser gratos ao acordar e ao deitar? O que é para si a liberdade, a saúde, a segurança! O que realmente importa para cada um de nós? Acho que foi um ano bastante reflexivo para quem abarcou e tentou entender a mensagem...a bem da verdade nestas últim

Pagamos uma casa a vida toda e agora ninguém quer passar os dias dentro dela

 Mais uma cultura portuguesa enraizada que felizmente começa a mudar! E porque não trabalhar dentro de casa, afinal pagamos uma renda, um empréstimo que não deixa de ser igualmente um crédito bancário. Ainda que tenhamos um trabalho no exterior, porque não trabalhar em casa, criar um cantinho para fazê-lo? Incentivar os vossos filhos a explorar uma capacidade....se com a idade deles pais e avós ganhavam dinheiro em fábricas, eles podem ganhar no conforto do seu lar, explorando os seus próprios dons e capacidades. Pagamos a nossa casa uma vida....são 100 mil...200 mil....300 mil...é que pensando bem na realidade actual ...sei que muitos são teletrabalho e aglomeram "n" tarefas ao que já têm, mas isto não será sempre assim, e porque não começar já hoje? Todos nós vimos ao mundo dotados de pelo menos 1 dom e 1 propósito de vida, dos quais somos dotados por Deus na nossa hora de nascimento. Existem pessoas que os descobrem e são felizes porque não é trabalho, é propósito, é dom,

Sofrer por antecipação!

É bem verdade que já fui mais assim...cada vez menos vejo noticias, ouço e leio coisas parvas que me desalinham os chakras e me desviam o autocontrole...é que parece que nos dias que estamos mais calmos e mais centrados, vem alguém que está a fim de nos tirar o sossego... Ontem foi a vizinha que do seu terraço me insultou de Porca...leram bem Porca, porque cairam algumas migalhas ao poupar a carpete para arejar...chamou-me porca umas 10 vezes... Da próxima chamo a polícia... Digo sempre aos meus meninos que quando os ofendem: sentes te assim? Mas ontem fui um dos meus meninos...porque essa senhora meus amigos, além de uma boca ordinária que precisa ser lavada com lixivia, pega com todos os moradores, e é uma descontrolada e desmiolada...ontem não deve ter tomado a medicação e virou-se a mim....nunca desejei sair tanto daqui como agora...prezo muito a minha casa e sou grata por ela...mas por todos motivos e mais alguns, inclusivé o salvador, deus me dê forças e sabedoria financeira para