Avançar para o conteúdo principal

Mulheres e Homens na gravidez e no parto!!!

Não hoje não é uma critica mas um texto reflexivo, sobre a gravidez e o parto!
Decidimos engravidar...ficamos alegres mas confusos
Sabemos o resutado...ficamos alegres mas confusos
Começamos as consultas os exames... o pré natal...sem saber nada confusos
Vamos esquecendo as etapas anteriores
E começam os medos...ficamos confusos
Cada ecografia que vemos dá-nos a sensação que está tudo bem, mas depois saimos de lá sem saber se continuará tudo bem!
Começamos a ter as verdadeiras emoções de sermos pais, tudo é novidade, tudo é recomeço, as mães confusas tentam manter e seguir os instintos maternais naturais, e começam as corridas às compras, mas tal como os pais sentem-se inseguras e confusas! Os pais confundem babydool com babygrow!
As mães não sabem se compram tudo rosa ou azul, porque têm medo de enjoar da cor, ou que confundam o sexo da criança quando vão as vacinas!

Eles nascem, ficamos todos mais inseguros e tentamos manter a calma, mas não sabemos nada sobre ter filhos porque nunca tivemos, não sabemos nada sobre amamentar, ou sobre subida de leite, ou sobre mudas de fraldas, ou sobre choros, e cólicas e noites, e medicamentos e vacinas, e é uma constante aprendizagem diária e continuamos confusos, mas agora muito mais exaustos!
Stressamos, berramos, choramos, gritamos, sentimos impotência e ambos perguntamos, porque ter um filho é um desafio tão grande!

O parto é caótico para ambos, ela pede, a mãe, ela pede a tia, ela pede a epidural, e ele só pede para sair dali, senão desmaia!!! Ela está em sofrimento e ele nada pode fazer! Ela ama-o e odeia-o porque ele é que depositou la a semente, e se não fosse ele ela não estaria com dores cortantes, a contorcer-se como o Exorcista, mas ela é que pediu a semente para nascer a flor, ambos concordaram, a culpa não é dele, é da epidural, que não fez efeito, é do parto e das dores desconhecidas até então!!!

A primeira saida do hospital é como se fosse uma missão secreta e ultra responsável, temos ali um ser humano, merda, porque é que niguém nos disse que isto era assim??? A mãe vou atrás, vou a frente....chegamos a casa e apresentamos a casa ao ser humaninho, como se ele estivesse interessado!!!

Ficamos em casa e o pai vai trabalhar, ambos cansados, exaustos, confusos, se a noite foi má o pai pode adormecer ao volante,e às vezes adormece ao volante, a mãe fica em casa e sente-se triste e sózinha, quer dormir mas não é capaz, só quer chorar, são muitas emoções gente, adormece igualmente com o bebé à mama e limpa desenfreadamente, não descança e acaba exauta!! O pai trabalha, mas está igualmente preocupado porque sabe que a mãe até endireitar as hormonas não está no seu perfeito juízo!!!

Quando o pai regressa, a mãe está cansada e o pai também está, a mãe quer fazer tudo, inclusivé limpar os azulejos da varanda, só para que o pai mude uma fralda e ouça um choro e nos casais mais sortudos dê um biberon!

O pai só queria 5 minutos na caixa do nada, mas mal pousa a chave e mete o pé dentro de casa, a mãe entrega-lhe a "encomenda"!!!!

Ninguém conversa sobre nada a não ser, fraldas, cólicas, banhos, biberons de leite, chupetas e afins!!!
Fazem todas as tarefas...vá lá as que podem e rezam para que o bebe durma um pouquinho, para poderem dar um beijinho, ou para um cafuné no sofá, mas a mãe teve um bebé !
Está toda desconchavada, tem medo de engravidar, e quando o pai lhe toca ela emite choques elétricos, que o afastam automaticamente! O pai não entende porque era o number One e agora passou para segundo plano, será que já não o ama?

O telefone toca...é a visita das 22 que acha que os pais são matidos a café e redbull, quando na verdade precisavam de um Charro e uma Vodcka Forte!
Como assim Visitas???
Vamos fingir que já estamos a dormir!!!

Ficam ambos tristes, confusos, e mais distantes....
No dia a seguir mais consulta, mais visita, a história repete-se ....mas o cansaço e o afastamento aumentam....eles já nem se olham, e até evitam fazer tarefas em conjunto, para evitar palavras mal ditas!

Lembrem-se que ser pai, ser mãe é algo que ambos devem abarcar com o maior amor, senso de responsabilidade e entreajuda, um bebé foi algo pensado e ponderado, mas é um ajuste, um aprendizado, é difícil para ambos!

Homens não pensem que dominamos tudo e somos o supra sumo, Mulheres, não pensem que os homens não se sentem confusos, tristes e impotentes, sejam tolerantes e pacientes!

Mulheres lembem-se que os homens são os vossos primeiros "bebés", eles precisam de mimo, carinho e atenção! Homens lembrem-se que a mulher engordou 30 kilos, foi desconchavada, cortada, cozida e deformada, e que as HORMONAS são umas cabras! Há leite a sair do seu corpo mesmo quando o bebé não mama!!!

Conversem sobre emoções, conversem sobre as vossas faltas e os vossos medos, não sejam dois contra um mas sim DOIS PARA UM!

Vale a pena pensar nisto










Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como ajudar um autista

A melhor forma de ajudar um autista e qualquer outra criança com necessidades especiais é aceitar e respeitar, a criança não pediu para nascer assim, e se nasceu é porque a sua forma de pensar e ver o mundo é importante para todos nós!

Que seria do mundo se pensassemos todos da mesma forma? que seria do mundo sem pessoas comuns, e sem génios, sem criativos, sem pessoas mais ou menos sociais, mais ou menos funcionais!

Infelizmente somos ratinhos de laboratório, e não damos ao ser humano, logo desde o berço, a possibilidade de se exprimirem e trabalharem nas suas competências, aquelas que poderiam fazer toda a diferença!

Supõe-se desde muito cedo que se não fizermos determinadas coisas que outras crianças da mesma idade fazem, somos dotados de falta de habilidade, ou pouco inteligentes, ou atrasados!

Porém faltam muitas disciplinas importantes como gestão doméstica, disciplinas mais práticas, de onde conhecemos os melhores compositores, pintores, pensadores, filósofos??? Não estão na e…

Felizes os que retomaram a sua rotina mais felizes os que nunca sairam

Sim hoje li um texto e os nossos filhos e nós que estamos em casa confinados, principalmente quem está sozinho  a desdobrar-se em tarefas, em rotinas alteradas, em tentativas de sair para lugares seguros, em idas ao supermercado, as farmácias, a tentar mil malabarismos para nos mantermos despertos e saudáveis, sem que ninguém se mate, nós somos os verdadeiros heróis!

Somos mães/pais a tempo inteiro, não podemos ter um surto e sair de casa porque eles não podem ficar sozinhos, nos dias de chuva não saimos, e não é porque chove, é porque as nossas crianças com necessidades especiais, não cumprem todas as regras, e molham-se e sujam-se e fazem xixi, e nós não queremos que uma simples saída de 30 minutos se torne em banho, roupa na máquina, cadeira do carro, lavagem de tudo e mais um par de botas, consumo de água e de máquina de secar, dadas as condiçoes climatéricas!

São 10horas eu acordei as 9, o meu filho ontem adormeceu as 2H30, depois de ter sido dura com ele mais uma vez, isso só p…

Contabilidade e Gestão- Despesas anuais

Verdade seja dita que ganhamos ao mês não ao ano!!! Mas para sabermos quanto estamos a exceder no orçamento ou quanto precisamos de ganhar mais, é o nosso dever fazer contas anuais, ativo, passivo, o que entra o que sai, o que entra e o que realmente pode sair!
Há anos muito atipicos, e nós por cá dizemos que por razões mais que óbvias este ano foi um desses!!!

Metade do orçamento, contas desencontradas, contas desiquilibradas, menos a entrar mais a sair, mas sobrevivemos assim sem grandes estragos!!!!!!!
Para o ano a meta será a financeira e material!

Sem perder o fio à meada equilibrar, equilibrar, equilibrar, para então em 2021, relaxar!
Sim tenho metas na cabeça, no papel, todos os anos me proponho a uma!
Este ano era chegar ao final com questões sentimentais resolvidas, orientar nova vida e rotinas familiares, ainda que com ajuda seja sempre o mais individualista e independente que conseguir, e ser independente nunca é apenas e só uma questão financeira!!!!

De nada adianta ser i…