Avançar para o conteúdo principal

Então é Natal e a triste realidade do comércio têxtil

É Natal e as lojas estão cheias de gente, algumas lojas em promoção, outras nas quais nos deparamos com um cenário de pré saldos que será logo após o feriado de Natal, acho que agora muitas nem dão o 26 para troca, partem logo ao saldo e uma peça que custou 30 euros estará a 15 num abrir e fechar de olhos! Esta é a triste realidade da sociedade em que vivemos!  A mais flagrante que vi foi a TIFFOSI a campanha mais absurda dos últimos tempos!
Não vou dizer que não comprei roupa, porque há pessoas ás quais por norma oferecemos roupa, e com à excepção de uma loja, H&M que não estava em saldo, onde tive de comprar uma das peças depois de muita pesquisa, ainda assim usei um daqueles vales que dão 5 euros de desconto, a única das pecas que levo sem qualquer promoção! Todas as outras com 50%, porque para mim já é um negócio com cheiro de saldo!

Vi estes dias um comentário na Netflix- The true Cost -https://www.netflix.com/pt/title/80045667, que foi para mim um balde de água fria, uma chamada à realidade, sobre o mundo têxtil, daí também esta minha luta para uma comercialização justa de peças duráveis e não tanto descartáveis! Se uma peça puder durar uma estação ao invés de durar um mês, já é um grande avanço, na baixa de consumo desenfreado e no impacto ambiental, bem como na exploração dos trabalhadores dos países mais pobres!
Quem puder veja este documentário!

Ainda assim deviamos apostar na reciclagem, lojas de segunda mão e troca !
Porque não trocarmos peças?

Bem por hoje era o texto que queria deixar, agora que confecciono peças posso dizer que muitas delas ao preço que são vendidas não pagam a qualidade de um bom tecido! Quanto mais as horas de produção e a retrosaria! Mas para mim isso mostra que ainda podemos voltar a não descartar roupa como se fosse lixo, e tem suor e lágrimas e exploração de muita, muita gente talentosa!

Vale a pena pensar nisto




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Felizes os que retomaram a sua rotina mais felizes os que nunca sairam

Sim hoje li um texto e os nossos filhos e nós que estamos em casa confinados, principalmente quem está sozinho  a desdobrar-se em tarefas, em rotinas alteradas, em tentativas de sair para lugares seguros, em idas ao supermercado, as farmácias, a tentar mil malabarismos para nos mantermos despertos e saudáveis, sem que ninguém se mate, nós somos os verdadeiros heróis! Somos mães/pais a tempo inteiro, não podemos ter um surto e sair de casa porque eles não podem ficar sozinhos, nos dias de chuva não saimos, e não é porque chove, é porque as nossas crianças com necessidades especiais, não cumprem todas as regras, e molham-se e sujam-se e fazem xixi, e nós não queremos que uma simples saída de 30 minutos se torne em banho, roupa na máquina, cadeira do carro, lavagem de tudo e mais um par de botas, consumo de água e de máquina de secar, dadas as condiçoes climatéricas! São 10horas eu acordei as 9, o meu filho ontem adormeceu as 2H30, depois de ter sido dura com ele mais uma vez, is

O Fantasma do Compromisso

Já se perguntou quantos relacionamentos poderiam ter dado certo se fossem apenas e só amigos? Já reparam que quando começamos a "andar" ou "sair" com alguém supomos de imediato que temos de ser só daquela pessoa e começar a dar e a cobrar satisfações ? Nascemos sozinhos morreremos sozinhos, sozinhos chegamos, sozinhos partimos.... Não me canso de dizer isso, vimos a este mundo para partilhar e ter vivências uns com os outros, mas não somos, não devemos, não podemos ser posse do outro! Somos seres independentes e autonomos, e o que fazemos é partilhar e predispor da nossa companhia com determinadas pessoas! Porque é que muitas relações de amizade duram uma vida e os relacionamentos por vezes não? Prende-se ao fator compromisso, passamos a ser insconscientemente, propriedade um do outro, e se não somos comportamo-nos como tal...a pergunta é quem gosta de ser marionete e cingir-se ao outro ? ninguém , na verdade ninguém. Há quase sempre o dominado e o dominador, que é

Férias

Férias Incluem passagem obrigatória pela praia que me viu crescer Não estava convidativo a banhos Mas mais uma vez sinto-me feliz por levar as minhas crianças la! É tradição pelo menos um dia lá passado com os avós! E assim foi! Decidi levar a camara e tirar umas fotos maravilhosas !!!! @canon2000D