Avançar para o conteúdo principal

Sobre a inspecção ao veículo automóvel- O que tem de saber!

Este post é geral, mais precisamente para as mulheres, que normalmente não são tão informadas destas coisas, sem querer descriminar, atenção!
A última inspecção que fiz foi a um outro carro e já foi salvo o erro em 2012.


Imagem retirada da Net









No entanto a reter:

No caso dos automóveis ligeiros de passageiros, a primeira inspeção veicular deverá ser marcada quatro anos após a data da primeira matrícula e em seguida de dois em dois anos, até perfazerem oito anos. Após decorrido esse período, a inspeção deverá ser marcada anualmente.


  • A inspecção custa à volta de 32 euros para veículos ligeiros.
  • Mantenha o carro ligado e o vidro do condutor aberto, para ouvir as ordens.
  • Convém ter logo o triângulo e o colete reflector no banco do passageiro.
  • Tenha consigo à mão o livrete- Documento Único Automóvel- quando se dirigir à recepcção.
  • Vão pedir para abrir o capô e irão certamente ver o pneu suplente que normalmente se encontra na mala.
  • Vão pedir para acelerar. 
  • Ligar médios, máximos e faróis de nevoeiro, bem como piscas.
  • Depois e após verificações do "inspector", irá pedir que volte a entrar no carro e travar no travão e ao mesmo tempo rodar o volante para a esquerda e direita, com o carro travado ainda assim com o travão de mão!
  • No final estando tudo ok, vão entregar um documento que valida que o veículo pode circular na estrada sem qualquer problema, e a data da nova inspecção, bem como a entrega do livrete.
  • No caso de haver alguma anomalia, para além de pagar valor de reinspecção, terá também o prazo que lhe indicarem, para voltar com a anomalia reparada!
Não deixe para muito próximo da data limite, se tiver carros mais antigos, para ter margem de manobra, no caso de anomalia!


Link para mais informações:

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Profissão : Blogger

Caros amigos e leitores, este post é uma crítica ao mundo atual, os mais sensíveis, não devem ler!

Não se iludam se virem uma familía que deixou o mundo para trás, casa, cão, cadela, periquito, carro, e coisas materiais, para viajar o mundo, se não tirar rentabilidade disso!

Acho que isso cria uma falsa realidade nas pessoas, e mais grave é que acreditam que alguém pode viver apenas e só de viajar e das poupanças, ou da vida material que aquiriu até então e vendeu!

Existem dois tipos de bloggers, os patrocinados, que ganham massa com isso, e os que não ganham rigorosamente nada, que é o meu caso, eu escrevo e partilho por puro prazer! Agora não se iludam que se isso é uma profissão, quem vive apenas e só de blogar, tem de tirar rentabilidade!

E não, também não é tudo tão natural e mágico quanto parece, porque a realidade e a vida das pessoas, especialmente com miúdos, não é um quadro de Renoir, muitas vezes é mais um quadro de Picasso !!!!

Hoje em dia criou-se uma ilusão pura e irrea…

Todos os trabalhos são dignos de esforço e cada um escolhe o seu

Não posso deixar de abordar este tema, porque um dia destes vai-me mesmo saltar a tampa!!! Como mãe a tempo inteiro quase há 8 anos!supostamente vitima de bulling pelas ditas mães trabalhadoras!!!!

E quem diz o que quer ouve o que não quer!

Frequento um café quase diariamente para o meu café matinal, e não é a primeira vez que me apercebo de comentários depreciativos por parte da senhora, que não é funcionária, é mesmo dona do seu café, portanto empresária! Sobre outros determinados empregos, trabalhos ou profissões, já para não falar das pessoas que como ela menciona e mal: Pessoas que não fazem nada, e não têm rotina, talvez pessoas como eu, sei lá!

Pois bem : em primeiro lugar independente disso, toda a gente tem e deve ter rotinas e obrigações, logo não é totalmente livre.

em segundo lugar todos os trabalhos e profissões são igualmente importantes e essenciais, e dado que hoje o comentário foi direto a uma professora, e me afetou, devo dizer que se "a boa vida" (palavra…

Como ajudar um autista

A melhor forma de ajudar um autista e qualquer outra criança com necessidades especiais é aceitar e respeitar, a criança não pediu para nascer assim, e se nasceu é porque a sua forma de pensar e ver o mundo é importante para todos nós!

Que seria do mundo se pensassemos todos da mesma forma? que seria do mundo sem pessoas comuns, e sem génios, sem criativos, sem pessoas mais ou menos sociais, mais ou menos funcionais!

Infelizmente somos ratinhos de laboratório, e não damos ao ser humano, logo desde o berço, a possibilidade de se exprimirem e trabalharem nas suas competências, aquelas que poderiam fazer toda a diferença!

Supõe-se desde muito cedo que se não fizermos determinadas coisas que outras crianças da mesma idade fazem, somos dotados de falta de habilidade, ou pouco inteligentes, ou atrasados!

Porém faltam muitas disciplinas importantes como gestão doméstica, disciplinas mais práticas, de onde conhecemos os melhores compositores, pintores, pensadores, filósofos??? Não estão na e…