Avançar para o conteúdo principal

Os Homens são de Marte e as Mulheres de Vénus!

Tive um livro que falava sobre isso, sobre as diferenças tão notórias entre  homem e mulher, na forma como lidam de forma diferente com as mesmas situações, e na forma como em casal, em conjunto, isso por vezes causa um caos!

As relações pessoais são por vezes muito complicadas, quem não discute e não se chateia, está morto!!!
E porque claramente pensamos de forma diferente e valorizamos coisas diferentes!
Nesse aspecto eu gostava de ser um  pouco mais assim, ignorar.
Falo isto nas pequenas coisas do dia-a-dia, aprender a não valorizar tanto, a não dar tanta importância, mas há um longo trabalho que tem vindo a ser feito e temos de continuar!
A minha filha neste aspecto é idêntica a mim, e claro pobrezinha sofre horrores com isso!
Estamos já desde cedo a ensiná-la a desvalorizar, e claro que o pai : género masculino
, macho da casa, dá 10 a 0 a mim nesse ensinamento!
Porque a pobre valoriza as coisas femininas, e desvaloriza as masculinas, passo a explicar: há coisas em que é como um homem, laisser faire, laisser passer, noutras é o poço do drama, rainha das carpideiras!

O irmão, do género masculino, e autista, que por si só, já se abstrai de tudo e mais um par de botas, talvez me venha ensinar aqui qualquer coisinha, até tenho medo de saber o que ele pensa!!!

Acho que isso vai de encontro ao que falava no livro, acredito que muitas das vezes os homens realmente não façam por mal, certas coisas, no entanto nós vai daí fazemos a tempestade num copo de água, eu principalmente, caranguejo, que vou do 8 ao 80 como se de um Ferrari se tratasse!
Mas admito, que juntando as constelações ao feitio, é ruim né???
Sim eu admito aqui publicamente, que tenho mau feitio, e quem não tem?
Todos nós temos algo de bom e de mau cá dentro!
Assim como por vezes temos atitudes que eles também não compreendem.

Acho que temos de falar para qualquer homem como se de um autista se tratasse:

Não usar indirectas: eu gostava de..NÃO 
É assim: quero este anel, mostra de imagem, que podes comprar na Ourivesaria da rua, se houver mais de uma tem de dizer o nome.

Pedidos simples e concisos: o prato branco, que está no armário branco, abre a porta do teu lado esquerdo.

Não pedir duas coisas ao mesmo tempo : traz-me o casaco e a mala...vai trazer o casaco ou a mala.
E não esquecer de dizer qual a cor e o local onde está: 
Assim: traz-me o casaco castanho de cima da cama ou a mala preta que está no sofá!
Nas listas de supermercado colocar: quantidade, marca e se possível preço!


Deixa-los chegar a casa e ficar temporariamente na casa do nada, eles gostam, e só depois, quando se dirigirem a vocês podem começar os pedidos!!!
Relembro um de cada vez!
Poucas perguntas(inquéritos), se perguntar menos eles contam mais!
Não misturar assuntos, tipo :
Hoje fui ao pão , ah lembrei-me agora, é preciso pão!!., esqueça, limite-se a contar o episódio do pão, assim:
Fui ao pão, encontrei a Maria, a mulher do João,o teu mecânico, está tão velha!!!

E fim da história!

Eu falo por mim, nós mulheres, gostamos imenso de narrar, fazer a história da coisa, como quando pedimos uma direcção e a pessoa leva-nos ao Algarve, para ir a Lisboa, quando saímos do Norte???
Mas mulheres amigas deste mundo, cabeça de homem filtra, e muito, e depois nós não entendemos, porque nós não nascemos assim!
E mais, quanto mais perguntar-mos mais eles reduzem, ao ponto de dizer:
Nós: Onde almoçaste?
Eles: No sítio do costume.
              Fim de Conversa, e nós piursas, vamos achar que está a esconder alguma coisa!!!
                                      E pronto, começamos a narrar e instala-se o caos!!!

Tudo isto para dizer que em lugar de valorizarmos o bom dos dois, e ignorarmos o mau, estamos all the time, a trocar tudo! 

Mas será que se fossemos como os homens, e eles como nós, tudo isto resultaria?
Será que vamos ganhando ou perdendo resiliência a estas coisas?
Será que com a convivência diária, nos adaptamos ou inadaptamos mais?
Será que se tivéssemos o melhor dos dois, precisaríamos partilhar a vida com alguém?
Talvez fossemos demasiado completos, e não precisássemos uns dos outros!
Será que trocando de pessoa, vida, relacionamento, a coisa melhora ou piora?
Será que ao fugirmos do lobo, encontramos a raposa?

Vale a pena pensar nisto!

Note-se que isto tudo que falei, são estudos feitos a mim mesma, de acordo com as minhas vivências, não sou nenhuma expert, e certamente para algumas pessoas este texto pode não fazer qualquer sentido!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

December!!!!

Dezembro chegou... e com ele todos os pensamentos, todas as reflexões de um ano completamente atípico a que todos sobrevivemos....mas deixem apenas dizer lhes que ....foi um ano de crescimento individual, espiritual e familiar! Saio deste ano de coração cheio, de pura adrenalina, como é óbvio momentos de tudo....foi ano de Marte e deviamos ter preparado para a guerra, se todos chegamos até aqui vivos e de saúde somos uns guerreiros natos, capazes de enfrentar qualquer batalha. Prosseguiremos a 2021, ano de Vénus,  do amor, da prosperidade, da fé e da abundância, da compaixão, do cuidado ao próximo, dos amores impossíveis de contos de fadas! Peço para este ano uma reflexão: o que vale a pena lutar em cada vida que nos pertence? Do que devemos ser gratos ao acordar e ao deitar? O que é para si a liberdade, a saúde, a segurança! O que realmente importa para cada um de nós? Acho que foi um ano bastante reflexivo para quem abarcou e tentou entender a mensagem...a bem da verdade nestas últim

Pagamos uma casa a vida toda e agora ninguém quer passar os dias dentro dela

 Mais uma cultura portuguesa enraizada que felizmente começa a mudar! E porque não trabalhar dentro de casa, afinal pagamos uma renda, um empréstimo que não deixa de ser igualmente um crédito bancário. Ainda que tenhamos um trabalho no exterior, porque não trabalhar em casa, criar um cantinho para fazê-lo? Incentivar os vossos filhos a explorar uma capacidade....se com a idade deles pais e avós ganhavam dinheiro em fábricas, eles podem ganhar no conforto do seu lar, explorando os seus próprios dons e capacidades. Pagamos a nossa casa uma vida....são 100 mil...200 mil....300 mil...é que pensando bem na realidade actual ...sei que muitos são teletrabalho e aglomeram "n" tarefas ao que já têm, mas isto não será sempre assim, e porque não começar já hoje? Todos nós vimos ao mundo dotados de pelo menos 1 dom e 1 propósito de vida, dos quais somos dotados por Deus na nossa hora de nascimento. Existem pessoas que os descobrem e são felizes porque não é trabalho, é propósito, é dom,

Sofrer por antecipação!

É bem verdade que já fui mais assim...cada vez menos vejo noticias, ouço e leio coisas parvas que me desalinham os chakras e me desviam o autocontrole...é que parece que nos dias que estamos mais calmos e mais centrados, vem alguém que está a fim de nos tirar o sossego... Ontem foi a vizinha que do seu terraço me insultou de Porca...leram bem Porca, porque cairam algumas migalhas ao poupar a carpete para arejar...chamou-me porca umas 10 vezes... Da próxima chamo a polícia... Digo sempre aos meus meninos que quando os ofendem: sentes te assim? Mas ontem fui um dos meus meninos...porque essa senhora meus amigos, além de uma boca ordinária que precisa ser lavada com lixivia, pega com todos os moradores, e é uma descontrolada e desmiolada...ontem não deve ter tomado a medicação e virou-se a mim....nunca desejei sair tanto daqui como agora...prezo muito a minha casa e sou grata por ela...mas por todos motivos e mais alguns, inclusivé o salvador, deus me dê forças e sabedoria financeira para