Avançar para o conteúdo principal

Há dias assim...difíceis

Há dias em que não consigo assimilar e aceitar, tudo o que sei sobre o Salvador e o seu autismo, há dias em que também não aceito que vá ficar melhor quando só o vejo andar para trás regredir, há dias em que me culpo por não ter a coragem de contrariar o que me dizem, há dias em que as pessoas realmente não sabem o quanto é difícil ter uma criança de quase 4 anos que não fala, e saberá Deus se algum dia falará!
Hoje foi um desses dias, que tentei ouvir e não assimilar o que me disseram, e não consegui, as lágrimas caíram-me pela cara abaixo, porque os fortes também choram, e chorar para o bem de todos nós é essencial, há dias em que acho que todas as lutas, todos os esforços, todas as tentativas não passam disso.
Mas atenção que não estou aqui a dar uma de coitadinha e a queixar-me da vida, estou apenas a falar de uma mãe como muitas mães que pelos seus filhos sofrem e choram todos os dias, sei que podia pôr aqui só coisas boas e positivas, imagens de sorrisos e magias, mas estaria a mentir a mim mesma, estaria a mentir sobre esta vida, esta família, esta casa.
Temos sobrevivido a muitas tormentas, para o mês que vem faz 14 anos que estamos juntos, e mesmo nós temos altos e baixos, dias de muito desgaste, nessas alturas procuramos encontrar o casal que somos, tentamos um programa adulto só a dois.
Uma altura ouvi de um gestor de uma empresa que uma das suas funcionárias era como uma panela de pressão, de vez em quando temos de deixar o ar sair....senão estoura! Mas não seremos todos assim? Todos nós precisamos de libertar pressão!
Vou buscar energia a todas as mães, principalmente mães de crianças autistas, vou buscar sabedoria, opiniões, conforto!
Felizmente estou rodeada, estamos de uma série de pessoas fantásticas que têm uma palavra amiga e de conforto!
Hoje foi a vez das pobres funcionárias da escola, que são fantásticas, mas que coitadas, levaram com as minhas lágrimas e pronto!
Porque sou assim, porque embora não digam por mal, já tinha ouvido uma vez que o Salvador tinha feito mais uma das suas grandes asneiras com o cocó, e embora tenha fé que tudo melhore, e sei que vai crescer,há dias que não toleramos tão bem.
Hoje também soube que tinha de prolongar a fisioterapia, e tão cedo não posso correr....o que me deixa triste e angustiada, porque me faz falta para o meu equilíbrio.
Correr é a tampa da minha panela a libertar vapor, é libertar o desgaste e o cansaço através das pernas, é aquele momento em que não penso em nada, só tenho correr e não desmaiar pelo esforço ;)!

"Obrigada por estarem desse lado! Nos bons e menos bons momentos desta família portuguesa, como tantas outras"!





Comentários

Mensagens populares deste blogue

Profissão : Blogger

Caros amigos e leitores, este post é uma crítica ao mundo atual, os mais sensíveis, não devem ler!

Não se iludam se virem uma familía que deixou o mundo para trás, casa, cão, cadela, periquito, carro, e coisas materiais, para viajar o mundo, se não tirar rentabilidade disso!

Acho que isso cria uma falsa realidade nas pessoas, e mais grave é que acreditam que alguém pode viver apenas e só de viajar e das poupanças, ou da vida material que aquiriu até então e vendeu!

Existem dois tipos de bloggers, os patrocinados, que ganham massa com isso, e os que não ganham rigorosamente nada, que é o meu caso, eu escrevo e partilho por puro prazer! Agora não se iludam que se isso é uma profissão, quem vive apenas e só de blogar, tem de tirar rentabilidade!

E não, também não é tudo tão natural e mágico quanto parece, porque a realidade e a vida das pessoas, especialmente com miúdos, não é um quadro de Renoir, muitas vezes é mais um quadro de Picasso !!!!

Hoje em dia criou-se uma ilusão pura e irrea…

Todos os trabalhos são dignos de esforço e cada um escolhe o seu

Não posso deixar de abordar este tema, porque um dia destes vai-me mesmo saltar a tampa!!! Como mãe a tempo inteiro quase há 8 anos!supostamente vitima de bulling pelas ditas mães trabalhadoras!!!!

E quem diz o que quer ouve o que não quer!

Frequento um café quase diariamente para o meu café matinal, e não é a primeira vez que me apercebo de comentários depreciativos por parte da senhora, que não é funcionária, é mesmo dona do seu café, portanto empresária! Sobre outros determinados empregos, trabalhos ou profissões, já para não falar das pessoas que como ela menciona e mal: Pessoas que não fazem nada, e não têm rotina, talvez pessoas como eu, sei lá!

Pois bem : em primeiro lugar independente disso, toda a gente tem e deve ter rotinas e obrigações, logo não é totalmente livre.

em segundo lugar todos os trabalhos e profissões são igualmente importantes e essenciais, e dado que hoje o comentário foi direto a uma professora, e me afetou, devo dizer que se "a boa vida" (palavra…

Como ajudar um autista

A melhor forma de ajudar um autista e qualquer outra criança com necessidades especiais é aceitar e respeitar, a criança não pediu para nascer assim, e se nasceu é porque a sua forma de pensar e ver o mundo é importante para todos nós!

Que seria do mundo se pensassemos todos da mesma forma? que seria do mundo sem pessoas comuns, e sem génios, sem criativos, sem pessoas mais ou menos sociais, mais ou menos funcionais!

Infelizmente somos ratinhos de laboratório, e não damos ao ser humano, logo desde o berço, a possibilidade de se exprimirem e trabalharem nas suas competências, aquelas que poderiam fazer toda a diferença!

Supõe-se desde muito cedo que se não fizermos determinadas coisas que outras crianças da mesma idade fazem, somos dotados de falta de habilidade, ou pouco inteligentes, ou atrasados!

Porém faltam muitas disciplinas importantes como gestão doméstica, disciplinas mais práticas, de onde conhecemos os melhores compositores, pintores, pensadores, filósofos??? Não estão na e…