Avançar para o conteúdo principal

Pensar em coisas boas!!!



E fazer coisas boas! Embora tivesse acabado de me esquecer do telemóvel na terapia, coisas normais de uma mãe, que teve de pedir ao marido para quando saísse do trabalho passar lá, porque acabei de chegar a casa e não vou meter os dois novamente carro adentro para ir ao outro lado da cidade, embora isso se tornasse uma situação bastante normal e cómoda para todos!!!!
Como devem imaginar!

Por isso deixarei aqui de usar palavras más e feias, porque não quero ferir susceptibilidades, de ninguém, muito menos de pessoas amigas!

No entanto tenho a dizer que já estou em casa desde ontem com os dois, e que hoje foi um dia bastante melhor, quer em termos de desfralde, quer em termos de organização.

Claro que devia fechar-me em casa, e não ver a luz do dia, para evitar que o meu filho tenha crises, mas a verdade é que se ficar fechada em casa ele também as vais ter, por isso prefiro sair, e dar à minha primogénita a possibilidade de sentir que está de férias!!!!Sem prejudicar gravemente nenhum dos dois.
Sei que tento todos os dias ser uma super mãe, e talvez por isso diga palavras feias, também me queixo a Deus no silêncio, e lhe pergunto o que é que ele tem para nos ensinar, porquê tanto sofrimento!!!
Ou acham que aquelas pessoas que têm e tiveram filhos com doenças, não sentem o mesmo???

Que pus uma foto da minha filha triste, porque é um ser humano e tem sentimentos, porque me expresso de uma forma forte e sou forte. mas também choro quando é preciso, porque isso faz com que me equilibre!
Porque as imagens não contam vidas, e porque embora o Salvador exalte coisas excelentes em nós, também nos traz um desgaste e uma tristeza, uma sensação de impotência, por não podermos ajudá-lo mais.

E se há pessoas que não entendem que as mães são seres humanos também, e usam palavras como maldição e outras coisas mais que prefiro não dizer aqui, é uma pena, pais e mães pensam e dizem coisas que por vezes não são as melhores nem as mais bonitas. e acreditem que o que ouço muitas vezes acerca do meu filho, até sou uma pessoa bastante pacifica.

O que não quer dizer com isso que não continuem a ama-los incondicionalmente e continuem a lutar diariamente.
Esta nunca foi e nunca será uma página de uma história de encantar, tem momentos bons e maus, tem momentos de imensa alegria e imensa tristeza!!! Tem muitas perguntas de porquê a ele, porquê a nós?
Se é um menino deveras especial, sem dúvida, mas a vida seria mais fácil para todos se ele fosse neurótipico, se falasse, se tivesse feito o desfralde, se isso não fosse traumático para ele.
Se há mães que pura e simplesmente não entendem o meu ponto de vista, tenho pena!!!
Sinto o mesmo em relação à Lara, sinto que falho muitas vezes, sinto, mas sinto que já fui mãe dela a 100% e por muitos obstáculos que tenha encontrado, foi o melhor que fiz por ela, e quem a conhece sabe!

Não tendo que dar justificações a ninguém e já falei com a pessoa em questão, mas devo dizer que não admito que façam de mim uma pessoa menos boa em público, pessoas que me conhecem, e já em diversas situações sentiram que sou assim, sou eu, senão seria outra pessoa, viveria outra vida, teria outro nome.

Se tem algo a acrescentar, fale agora ou cale-se para sempre, pois pelo que entendi, não é a primeira a pensar isso de mim, mas coitada foi a que o afirmou em público, e se me conhecesse bem, sabia que ia levar resposta!

Sou honesta, e por aqui me fico!



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como ajudar um autista

A melhor forma de ajudar um autista e qualquer outra criança com necessidades especiais é aceitar e respeitar, a criança não pediu para nascer assim, e se nasceu é porque a sua forma de pensar e ver o mundo é importante para todos nós!

Que seria do mundo se pensassemos todos da mesma forma? que seria do mundo sem pessoas comuns, e sem génios, sem criativos, sem pessoas mais ou menos sociais, mais ou menos funcionais!

Infelizmente somos ratinhos de laboratório, e não damos ao ser humano, logo desde o berço, a possibilidade de se exprimirem e trabalharem nas suas competências, aquelas que poderiam fazer toda a diferença!

Supõe-se desde muito cedo que se não fizermos determinadas coisas que outras crianças da mesma idade fazem, somos dotados de falta de habilidade, ou pouco inteligentes, ou atrasados!

Porém faltam muitas disciplinas importantes como gestão doméstica, disciplinas mais práticas, de onde conhecemos os melhores compositores, pintores, pensadores, filósofos??? Não estão na e…

Contabilidade e Gestão- Despesas anuais

Verdade seja dita que ganhamos ao mês não ao ano!!! Mas para sabermos quanto estamos a exceder no orçamento ou quanto precisamos de ganhar mais, é o nosso dever fazer contas anuais, ativo, passivo, o que entra o que sai, o que entra e o que realmente pode sair!
Há anos muito atipicos, e nós por cá dizemos que por razões mais que óbvias este ano foi um desses!!!

Metade do orçamento, contas desencontradas, contas desiquilibradas, menos a entrar mais a sair, mas sobrevivemos assim sem grandes estragos!!!!!!!
Para o ano a meta será a financeira e material!

Sem perder o fio à meada equilibrar, equilibrar, equilibrar, para então em 2021, relaxar!
Sim tenho metas na cabeça, no papel, todos os anos me proponho a uma!
Este ano era chegar ao final com questões sentimentais resolvidas, orientar nova vida e rotinas familiares, ainda que com ajuda seja sempre o mais individualista e independente que conseguir, e ser independente nunca é apenas e só uma questão financeira!!!!

De nada adianta ser i…

Felizes os que retomaram a sua rotina mais felizes os que nunca sairam

Sim hoje li um texto e os nossos filhos e nós que estamos em casa confinados, principalmente quem está sozinho  a desdobrar-se em tarefas, em rotinas alteradas, em tentativas de sair para lugares seguros, em idas ao supermercado, as farmácias, a tentar mil malabarismos para nos mantermos despertos e saudáveis, sem que ninguém se mate, nós somos os verdadeiros heróis!

Somos mães/pais a tempo inteiro, não podemos ter um surto e sair de casa porque eles não podem ficar sozinhos, nos dias de chuva não saimos, e não é porque chove, é porque as nossas crianças com necessidades especiais, não cumprem todas as regras, e molham-se e sujam-se e fazem xixi, e nós não queremos que uma simples saída de 30 minutos se torne em banho, roupa na máquina, cadeira do carro, lavagem de tudo e mais um par de botas, consumo de água e de máquina de secar, dadas as condiçoes climatéricas!

São 10horas eu acordei as 9, o meu filho ontem adormeceu as 2H30, depois de ter sido dura com ele mais uma vez, isso só p…