Avançar para o conteúdo principal

O autismo e o sono



Está provado que os autistas dormem menos, e que essa é uma das características que podemos observar desde bebés.
Muitas vezes não existe rotina dentro da rotina ou seja, mesmo que o deitemos sempre à mesma hora, da mesma forma, e ele adormeça, não significa que vá ter uma boa noite de sono! O Salvador dorme em média 4/6 horas por noite.
E em média 1 semana inteira por mês, de noites de sono completo, em que depois de deitar só acorda de manhã.
Nem sempre dar banho diariamente é suficientemente relaxante para o Salvador, assim como nem sempre fica saciado o suficiente para aguentar uma boa noite de sono.
O Salvador deixou de dormir de tarde no infantário o ano passado, mas de há 1 mês para cá tem adormecido durante o dia, e já aconteceu mais de que 1 vez no horário da terapia, o que significa que essa rotina semanal, não o impede de adormecer.
Neste momento está a dormir, hoje acordou às 4 da manhã e adormeceu às 7, na cama da irmã, que é a única que dorme profundamente e não se preocupa se ele está a dormir ou acordado.
Quanto menos estímulos tem o Salvador no seu quarto, melhor, o que também não significa que mesmo que respeitemos isso, ele durma bem.
Hoje vou deixa-lo dormir até as 9:30 e depois irá para a pré.
Mas isto vai alterar toda a dinâmica do dia a dia, porque já não cumprimos a rotina, e porque já vem alterada do ciclo de sono. Não deixa-lo dormir e leva-lo a dormir ia fazer com que ficasse super irritado, e não colaborasse com a professora do ensino especial.
Não é fácil criar uma rotina, num padrão de sono que por si só é complicado, depois existe a questão, dos maus dias que tem na escola e são suficientes, para acordar com pesadelos e relatar por monossílabos o que se passou, Um cérebro neurotipico durante o dia liberta informação através da fala, o cérebro do autista não, o que faz com que acumule imensa informação e seja prejudicial à sua serenidade e descanso, expelem sentimentos através de estereotipias, mas não libertam informação acumulada....

Façam o teste de tentar não falar durante um dia normal!
Como se sentiriam à noite?


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Felizes os que retomaram a sua rotina mais felizes os que nunca sairam

Sim hoje li um texto e os nossos filhos e nós que estamos em casa confinados, principalmente quem está sozinho  a desdobrar-se em tarefas, em rotinas alteradas, em tentativas de sair para lugares seguros, em idas ao supermercado, as farmácias, a tentar mil malabarismos para nos mantermos despertos e saudáveis, sem que ninguém se mate, nós somos os verdadeiros heróis! Somos mães/pais a tempo inteiro, não podemos ter um surto e sair de casa porque eles não podem ficar sozinhos, nos dias de chuva não saimos, e não é porque chove, é porque as nossas crianças com necessidades especiais, não cumprem todas as regras, e molham-se e sujam-se e fazem xixi, e nós não queremos que uma simples saída de 30 minutos se torne em banho, roupa na máquina, cadeira do carro, lavagem de tudo e mais um par de botas, consumo de água e de máquina de secar, dadas as condiçoes climatéricas! São 10horas eu acordei as 9, o meu filho ontem adormeceu as 2H30, depois de ter sido dura com ele mais uma vez, is

O Fantasma do Compromisso

Já se perguntou quantos relacionamentos poderiam ter dado certo se fossem apenas e só amigos? Já reparam que quando começamos a "andar" ou "sair" com alguém supomos de imediato que temos de ser só daquela pessoa e começar a dar e a cobrar satisfações ? Nascemos sozinhos morreremos sozinhos, sozinhos chegamos, sozinhos partimos.... Não me canso de dizer isso, vimos a este mundo para partilhar e ter vivências uns com os outros, mas não somos, não devemos, não podemos ser posse do outro! Somos seres independentes e autonomos, e o que fazemos é partilhar e predispor da nossa companhia com determinadas pessoas! Porque é que muitas relações de amizade duram uma vida e os relacionamentos por vezes não? Prende-se ao fator compromisso, passamos a ser insconscientemente, propriedade um do outro, e se não somos comportamo-nos como tal...a pergunta é quem gosta de ser marionete e cingir-se ao outro ? ninguém , na verdade ninguém. Há quase sempre o dominado e o dominador, que é

Férias

Férias Incluem passagem obrigatória pela praia que me viu crescer Não estava convidativo a banhos Mas mais uma vez sinto-me feliz por levar as minhas crianças la! É tradição pelo menos um dia lá passado com os avós! E assim foi! Decidi levar a camara e tirar umas fotos maravilhosas !!!! @canon2000D